Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira.

Cadastre-se receba novidades e informações úteis por e-mail.


11/08

Odebrecht Ambiental lança movimento “Juntos pela Água”




A Odebrecht Ambiental, responsável pelo abastecimento de água em Porto Ferreira, Limeira e Santa Gertrudes, no interior de São Paulo, dá inicio em agosto a um movimento para incentivar o uso consciente da água nos municípios em que atua, o “Juntos pela Água”. O objetivo da ação é reforçar os hábitos de consumo equilibrados mesmo onde não existe problema de abastecimento, já que a falta de chuvas afeta todo o estado.

O estado de São Paulo passa por um fenômeno climático extremo em 2014, a pior crise de falta de chuva em 80 anos. Mesmo assim, em Porto Ferreira a estiagem não deve comprometer a distribuição de água. O município tem o privilégio de ter como manancial um rio grande em vazão. Para abastecer o município, a Odebrecht Ambiental capta 200 litros por segundo, enquanto que a vazão do rio Mogi Guaçu é de 30 mil litros por segundo. “Apesar da situação privilegiada de Porto Ferreira, achamos que trata-se de um bom momento para reforçarmos a importância de usarmos os recursos hídricos com mais consciência, principalmente diante do cenário crítico em todo o estado”, destaca Marcio Tanajura, diretor da operação da Odebrecht Ambiental em Porto Ferreira.

O “Juntos pela Água” reforça a importância da mobilização dos moradores, mostrando que pequenas ações podem trazer grandes resultados. “A proposta é que cada um reflita sobre o seu consumo e use do bom senso para ajudar a natureza e evitar um cenário mais desagradável em relação à água”, reforça Marcio.

O site www.juntospelaagua.com.br concentra dicas e informações sobre o assunto possíveis de serem compartilhadas nas redes sociais com o uso da hashtag #juntospelaagua. O movimento, além de disponibilizar informações incentiva que a própria população compartilhe seus hábitos de consumo numa rede de dicas e informações úteis para todos.



Dúvidas sobre o abastecimento:

O início do movimento Juntos pela Água indica que teremos problemas de abastecimento em Porto Ferreira?

Não. A Odebrecht Ambiental acredita que devemos usar a água com mais zelo e atenção independentemente de termos ou não uma situação confortável em Porto Ferreira. Aqui a situação é muito diferente das demais cidades do Estado. Graças a vazão do Rio Mogi Guaçu, e o fato de a captação de uma quantidade pequena de água ser suficiente para garantir o abastecimento da cidade, não vislumbramos nenhum problema no abastecimento. No entanto, isso não significa que o uso inteligente não deva fazer parte do nosso cotidiano. Estamos também nesse movimento! Cuidar bem da nossa água é uma causa que interessa a todos.

Haverá racionamento em Porto Ferreira?

Não. Vivemos uma situação privilegiada em Porto Ferreira. Mesmo assim, estamos trabalhando e convidando a população a participar do movimento “Juntos pela Água” justamente para tentar mostrar que a causa da água é comum a todos nós.

A escassez hídrica poderá comprometer a qualidade da água tratada?

Não. A água tratada em Porto Ferreira continuará atendendo a todos os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Com a escassez hídrica pode ocorrer variações na qualidade da água do rio, como por exemplo, a queda no oxigênio dissolvido (OD), porém independentemente de qualquer variação, a água captada que passará pelo tratamento na Estação de Tratamento de Água, sairá da torneira com a mesma qualidade a que os ferreirenses estão acostumados.

A concessionária esta multando quem utiliza uma grande quantidade de água?

Não. A concessionária não tem poder de polícia. Mas todos nós, atuando juntos pela água, podemos influenciar nossos familiares e amigos a adotarem também práticas de consumo mais inteligente, e a perceberem que agora é um momento de ação coletiva, destinada a proteger o bem estar de nossa comunidade.




11/07

Agência Reguladora visita obras da Odebrecht Ambiental para universalizacão dos serviços de água e esgoto no município


No último dia 02 de julho, a Agência Reguladora Municipal de Porto Ferreira (ARMPF) realizou uma visita de fiscalização nas referidas obras com o objetivo de prestar contas, acompanhar os investimentos realizados e os que estão em andamento, além de fiscalizar o cumprimento das metas exigidas no contrato de concessão.
No caminho da universalização dos serviços de água e esgoto do município, a Odebrecht Ambiental está realizando três importantes obras de saneamento, são elas: implantação de uma nova cabine elétrica na ETA - Estação de Tratamento de Água; ampliação do sistema de captação de água do Rio Mogi Guaçu e ampliação do sistema de esgotamento sanitário com a instalação do novo interceptor de esgoto na Avenida Rudolf Streit.
As obras de ampliação da captação de água e a nova cabine elétrica na ETA visam melhorar ainda mais o abastecimento de água do município, já que permitirão o aumento da vazão captada e tratada, o que conferirá uma segurança ainda maior ao sistema.
O novo interceptor, que está sendo instalado na Avenida Rudolf Streit, terá uma extensão de 480 metros e será o responsável pelo transporte do esgoto coletado na região central da cidade até a Estação de Tratamento de Esgoto Fazendinha, localizada no Jardim Anésia.
O projeto de ampliação do sistema de esgotamento sanitário integra também novos coletores, emissários, implantação da Estação Elevatória de Esgoto Vila Sybilla, além de ampliar a capacidade de tratamento da ETE Fazendinha de 40 para 105 litros por segundo (l/s).

http://www.odebrechtambiental.com/porto-ferreira/agua-e-esgoto/fique-ligado/



23/06

Odebrecht Ambiental realizará a lavagem do reservatório de água do José Gomes


Para a realização do serviço será necessária a intervenção do abastecimento de água.

Para melhoria contínua do abastecimento de água, a Odebrecht Ambiental realizará a lavagem do reservatório de água Joaquim Rodrigues Ribaldo, localizado no bairro José Gomes, no dia 25 de junho ás 23h30min.

Para a realização do serviço, será necessária a intervenção do abastecimento de água das 21h00 ás 04h00 do dia seguinte nos bairros: Jardim Independência, Jardim Sérgio Dorneles, Vila São Pedro, Jardim Bandeirantes, Jardim Jandira, Jardim Modelo, José Gomes, Estância dos Granjeiros e Porto Seguro.

Todos os esforços serão realizados para que o abastecimento seja normalizado o mais rápido possível.

Em caso de dúvida, a Odebrecht Ambiental atende pelo telefone 0800 771 0001.






Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira.
Rua Dona Balbina, 230, Sala 33, 3º andar, Edifício Fratini Centro. Porto Ferreira-SP
(19) 3585-7225 / contato@arpf.com.br