Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira.

Cadastre-se receba novidades e informações úteis por e-mail.


12/09

Melhorias na captação de água


Dando continuidade a ampliação do processo de produção de água, a Odebrecht Ambiental informa que neste domingo, dia 14, a partir da 06h00, realizará melhoria na adutora de água bruta na captação de água do Rio Mogi Guaçu.

Durante a execução dos serviços poderá ocorrer oscilações no fornecimento de água na cidade.

Todos os esforços serão realizados para que o abastecimento de água não sofra oscilações sendo normalizado o mais rápido possível.

Em caso de dúvida, a Odebrecht Ambiental atende pelo telefone 0800 771 0001.




25/08

Prefeita e Agência Reguladora vistoriam as condições do abastecimento no município


https://comunicacaoportoferreira.wordpress.com/2014/08/22/prefeita-vistoria-as-condicoes-do-abastecimento-do-municipio/




11/08

Odebrecht Ambiental lança movimento “Juntos pela Água”




A Odebrecht Ambiental, responsável pelo abastecimento de água em Porto Ferreira, Limeira e Santa Gertrudes, no interior de São Paulo, dá inicio em agosto a um movimento para incentivar o uso consciente da água nos municípios em que atua, o “Juntos pela Água”. O objetivo da ação é reforçar os hábitos de consumo equilibrados mesmo onde não existe problema de abastecimento, já que a falta de chuvas afeta todo o estado.

O estado de São Paulo passa por um fenômeno climático extremo em 2014, a pior crise de falta de chuva em 80 anos. Mesmo assim, em Porto Ferreira a estiagem não deve comprometer a distribuição de água. O município tem o privilégio de ter como manancial um rio grande em vazão. Para abastecer o município, a Odebrecht Ambiental capta 200 litros por segundo, enquanto que a vazão do rio Mogi Guaçu é de 30 mil litros por segundo. “Apesar da situação privilegiada de Porto Ferreira, achamos que trata-se de um bom momento para reforçarmos a importância de usarmos os recursos hídricos com mais consciência, principalmente diante do cenário crítico em todo o estado”, destaca Marcio Tanajura, diretor da operação da Odebrecht Ambiental em Porto Ferreira.

O “Juntos pela Água” reforça a importância da mobilização dos moradores, mostrando que pequenas ações podem trazer grandes resultados. “A proposta é que cada um reflita sobre o seu consumo e use do bom senso para ajudar a natureza e evitar um cenário mais desagradável em relação à água”, reforça Marcio.

O site www.juntospelaagua.com.br concentra dicas e informações sobre o assunto possíveis de serem compartilhadas nas redes sociais com o uso da hashtag #juntospelaagua. O movimento, além de disponibilizar informações incentiva que a própria população compartilhe seus hábitos de consumo numa rede de dicas e informações úteis para todos.



Dúvidas sobre o abastecimento:

O início do movimento Juntos pela Água indica que teremos problemas de abastecimento em Porto Ferreira?

Não. A Odebrecht Ambiental acredita que devemos usar a água com mais zelo e atenção independentemente de termos ou não uma situação confortável em Porto Ferreira. Aqui a situação é muito diferente das demais cidades do Estado. Graças a vazão do Rio Mogi Guaçu, e o fato de a captação de uma quantidade pequena de água ser suficiente para garantir o abastecimento da cidade, não vislumbramos nenhum problema no abastecimento. No entanto, isso não significa que o uso inteligente não deva fazer parte do nosso cotidiano. Estamos também nesse movimento! Cuidar bem da nossa água é uma causa que interessa a todos.

Haverá racionamento em Porto Ferreira?

Não. Vivemos uma situação privilegiada em Porto Ferreira. Mesmo assim, estamos trabalhando e convidando a população a participar do movimento “Juntos pela Água” justamente para tentar mostrar que a causa da água é comum a todos nós.

A escassez hídrica poderá comprometer a qualidade da água tratada?

Não. A água tratada em Porto Ferreira continuará atendendo a todos os parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Com a escassez hídrica pode ocorrer variações na qualidade da água do rio, como por exemplo, a queda no oxigênio dissolvido (OD), porém independentemente de qualquer variação, a água captada que passará pelo tratamento na Estação de Tratamento de Água, sairá da torneira com a mesma qualidade a que os ferreirenses estão acostumados.

A concessionária esta multando quem utiliza uma grande quantidade de água?

Não. A concessionária não tem poder de polícia. Mas todos nós, atuando juntos pela água, podemos influenciar nossos familiares e amigos a adotarem também práticas de consumo mais inteligente, e a perceberem que agora é um momento de ação coletiva, destinada a proteger o bem estar de nossa comunidade.






Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira.
Rua Dona Balbina, 230, Sala 33, 3º andar, Edifício Fratini Centro. Porto Ferreira-SP
(19) 3585-7225 / contato@arpf.com.br