Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira.

Cadastre-se receba novidades e informações úteis por e-mail.


01/03

Gabarito Preliminar do Concurso Público 01/2015


http://arpf.com.br/legislacao.php




26/02

Agência Reguladora vistoria novo reservatório na Vila Real e nova Central de Monitoramento Remoto da ETA



Na última semana funcionários da Agência Reguladora realizaram vistorias em obras da Odebrecht Ambiental, acompanhados pelo gerente de operações da concessionária, para verificar o cumprimento das metas contratuais. Constataram, já em operação, o novo reservatório cilíndrico metálico apoiado, cuja capacidade é de 840 mil litros de água tratada, beneficiando vários bairros, como Cristo Redentor, Jardim das Palmeiras, Santa Cruz, Centenário, Paschoal Salzano e Santo Afonso, elevando em conjunto a capacidade de reservação para 1,34 milhão de litros, volume suficiente para atender demandas futuras. Foi vistoriada ainda a nova Central de Monitoramento Remoto instalada na ETA Oswaldo da Cunha Leme, composta de sistema de automação e telemetria via rádio, além de câmeras de vídeo, que permitem aos operadores da central visualizar e controlar à distância todas as instalações da captação de água João Salgueiro Filho (captação do rio Moji-Guaçu) Esse sistema traz grande benefício ao sistema de abastecimento de água por controlar à distância a velocidade dos conjuntos motor-bomba (através de inversão de frequência) podendo variar a captação e recalque de água, de acordo com a demanda da população. Possibilita ainda monitorar, em tempo real, a pressão da adutora de água in-natura e verificar o nível de reservação de água na ETA. Em breve, com a instalação de novos aparelhos, a Central também será capaz de fornecer automática e instantaneamente diversos parâmetros de qualidade da água bruta captada, como cor, turbidez, ph, oxigênio dissolvido, condutividade e temperatura, agilizando a análise, hoje feita em laboratório e facilitando o tratamento de água. “Todas as melhorias fazem parte das metas contratuais que a concessionária deve cumprir e que são vistoriadas rotineiramente pela Agência Reguladora para avaliação dos serviços prestados”, afirmou o superintendente da Agência Reguladora, João Batista da Silva.




26/02

Agência Reguladora adverte Odebrecht Ambiental sobre problemas na recomposição asfáltica



A Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira protocolou nesta quarta-feira (24/02) ofício de advertência à concessionária Odebrecht Ambiental sobre problemas constatados na recomposição asfáltica feita pela empresa. A Agência Reguladora, por diversas vezes em reuniões mensais de fiscalização e através de ofícios, já havia solicitado melhora na qualidade do serviço. Após vistoria realizada no início da semana em vários bairros da cidade, constatou que os problemas não foram corrigidos. Durante a fiscalização constatou-se a má qualidade dos reparos, com camada asfáltica de pouca espessura, falta de compactação do solo que acarreta ondulações, afundamentos e rápida deterioração, além de danos as guias, sarjetas e ao pavimento existente, e que ainda não haviam sido reparados. Com a advertência, a Odebrecht deverá apresentar um plano de recuperação em cinco dias e, após aprovação da Agência Reguladora, executar todos os serviços necessários em até 30 dias. A Agência Reguladora está à inteira disposição de todos que tiverem reclamações sobre problemas não solucionados pela concessionária quanto à qualidade dos serviços prestados, podendo recorrer diretamente à Ouvidora pelo telefone 3585-7225 ou pessoalmente à rua Dona Balbina, 230, sala 33, Edifício Fratini, Centro.






Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Porto Ferreira.
Rua Dona Balbina, 230, Sala 33, 3º andar, Edifício Fratini Centro. Porto Ferreira-SP
(19) 3585-7225 / contato@arpf.com.br